Novidades

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Participe do Livro UTOPIA - CONTOS FANTÁSTICOS



Até 28 de fevereiro de 2014, a Andross Editora estará recebendo contos fantásticos para publicação no livro “Utopia”.



 A Andross Editora está recebendo contos de novos escritores para publicação no livro “Utopia”, a ser lançado no segundo semestre de 2014 no evento Livros em Pauta. Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site www.andross.com.br, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. As inscrições vão até 28 de fevereiro de 2014. 

Alex Mir



Tudo o que o que estiver relacionado a fantasia, seja ela totalmente fora do que conhecemos ou que faça parte do realismo fantástico, será avaliado”, disse Alex Mir, o organizador do livro. “O que vale mesmo é a criatividade!”, completa
 



 





SINOPSE DO LIVRO: Existe um lugar no universo onde as coisas são diferentes do que conhecemos. Nele, a fantasia impera de maneira surreal, de forma que criaturas antagônicas e quiméricas coexistam naturalmente e incidentes sobrenaturais façam parte do cotidiano. Entretanto, esse ideal de perfeição pode não ser assim tão harmônico. Conheça UTOPIA, onde o extraordinário é comum.
 

SERVIÇO: 
Livro:Utopia - Contos fantásticos” 
Organização: Alex Mir
Envio do texto: até 28/02/2014 
Lançamento: Segundo semestre de 2014 (no evento Livros Em Pauta
Regulamento: no site www.andross.com.br 
Realização: Andross Editora



sábado, 21 de dezembro de 2013

Resenha: Vítimas do Silêncio - Janethe Fontes




Título: Vítimas do Silêncio

Autora: Janethe Fontes

Editora: Baraúna

Páginas: 186

Nota da Anna: 

Sinopse: Violentada sexualmente, ela preferiu manter o silêncio. Porém, o preço do seu silêncio pode ter-lhe custado alto demais…
… Um caso de abuso sexual…
… Uma tentativa de fuga…
… Um novo crime e ameaças…
… O reencontro com o inimigo…
Uma garota é vítima de estupro e tenta reconstruir sua vida. Mas, quando finalmente acredita ter encontrado o caminho da felicidade e esquecido aquela noite fatídica, um novo episódio a faz despertar para a apavorante certeza de que é absolutamente impossível fugir do passado… E só existe uma alternativa para que a paz retorne ao seu coração e se faça prevalecer a justiça: confrontar seu pior e mais temível inimigo.
Com uma narrativa surpreendente, a autora mantém o suspense até o fim, fazendo com que o leitor tenha de prender o fôlego para acompanhar essa aventura que traz, a cada capítulo, novas revelações e emoções de um passado que já parecia esquecido.
“Vítimas do Silêncio combina ingredientes como Romance, Aventura, Suspense, Sedução e Mistério em um livro que vai prendê-lo do começo ao fim, tendo como pano de fundo a questão do abuso sexual.”

Comentários: Margarida foi vítima de estupro dentro de sua própria casa, sem coragem de revelar a verdade pega um ônibus rumo a Porto Alegre, chegando de surpresa na casa de sua tia que lhe oferece moradia. Guida tenta esquecer o seu passado e retoma a sua vida, porém se apaixona por seu primo, um romance que não será bem visto pela família.

Infelizmente quando tudo parece bem, vivendo ao lado de sua irmã e de sua mãe, que largou o marido e foi morar em Porto Alegre, Guida recebe a notícia de que sua mãe resolveu dar mais uma chance ao marido. Todos os seus fantasmas voltam a lhe assombrar, desesperada com medo de sofrer novos abusos, Guida foge novamente para São Paulo tentando pela segunda vez reconstruir a sua vida.

Uma jovem perdida na cidade grande, mas dessa vez parece que as coisas começarão a dar certo para ela. Sem estudos e necessitando sobreviver, Guida aceita um trabalho de cuidadora, onde terá que cuidar de Willian, um jovem advogado, vítima de um acidente que ficou paraplégico e que necessita de ajuda. É junto com a família de Willian que Margarida terá a chance de se reerguer, recebendo apoio para retomar os estudos, com sua nova profissão ajudará mulheres que assim como ela foram vítimas de abuso.

A história é envolvente e surpreendente, com uma narrativa fácil e sem enrolação a história se desenvolve de uma maneira que não conseguimos parar de ler para saber qual será o desfecho. Gostei muito do livro, o tema abordado é bem pesado, mas infelizmente está muito presente na nossa realidade. Embora seja uma história fictícia, o livro me fez pensar que mesmo acontecendo várias coisas ruins em nossas, podemos superá-las e que às vezes são nessas fraquezas que encontramos o propósito para continuar a viver. 

Mais um livro de autor brasileiro, dessa vez quem propiciou para que eu viajasse nesta história foi Janethe Fontes, mais uma de nossas parceiras. Estou ansiosa par ler outros livros dela.





Janethe Fontes - brasileira, casada, mãe de dois filhos e Escritora romancista. É uma sagitariana apaixonada pela vida, pela família (incluindo suas lindas crias de 4 patas) e também pela natureza. É ainda blogueira nos momentos vagos, palestrante quando possível, administradora de uma pequena empresa de eventos no dia a dia e leitora incondicionalmente viciada.



Para quem quiser saber mais sobre a obra e o autor, conheça suas redes sociais:





terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Promoção: 2 Livros da Tais Cortez



Olá amigos leitores!

A nossa parceira Tais Cortez se juntou com 8 blogs, incluindo o nosso, para lançar um super sorteio para vocês. Ela vai sortear 2 livros de sua autoria: Golfinhos e Tubarões - O outro mundo e O último homem do mundo, para um só sortudo(a)!

Temos a resenha do primeiro livro aqui no blog e podemos adiantar que os livros da autora são sensacionais.

É só preencher o formulário abaixo como de costume, seguir as duas regras obrigatórias e as demais serão liberadas.

Boa sorte.

a Rafflecopter giveaway

Regras:

  • O período de inscrição é de 17/12/2013 à 13/01/2013.
  • Sorteio válido apenas para moradores do território brasileiro.
  • Inscrever-se no formulário ‘Rafflecopter’ que se encontra acima dessas regras.
  • O sorteio será feito através da ferramenta ‘Rafflecopter’.
  • Curtir as páginas dos livros são regras obrigatórias, depois de preenchidas corretamente as demais serão liberadas. 
  • O ganhador será contatado por e-mail fornecido no ato da inscrição e deverá responder a esse e-mail de contato com os dados para o envio do prêmio em até 2 dias, caso contrário, um novo sorteio será realizado. E deverá fornecer um endereço de entrega no Brasil.
  • O prêmio é pessoal e intransferível, não pode ser convertido em dinheiro, nem trocado por outros serviços ou produtos.
  • Livros enviados pela autora, e não se responsabiliza por extravios dos correios.


sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Meus Devaneios #06


Homens, um conselho:  presenteie suas mulheres com lingerie.

Despir uma mulher é mais que arrancar-lhe a roupa. É tirar cada peça - que foi escolhida milimetricamente para te agradar- com desejo. Não só o seu desejo. Mas com vontade de ver aquele corpo pulsar junto com o seu.

Controle sua vontade louca de tirar cada peça, entre na dança. Uma mulher bem despida, despi-se também de seus pudores. Revela lados ainda ocultos.

Homens, um conselho: a presenteie com uma lingerie. A SUA mulher- sim sua, não pelo sentimento de posse, mas pela vontade dela de não pertencer a ninguém além de você- ao ver que você escolheu algo para apreciar, e depois despi-la, vai retribuir. Mesmo que secretamente, as mulheres gostam de saber que foram um dos seus pensamentos durante o dia. Homem, massageie o ego de sua mulher- adoramos isso. Não deixe que outras pessoas façam os elogios que ela espera de você.

Presentar com uma lingerie diz algo além do simplesmente : 'quero uma noite quente'. É uma maneira de dizer nas entre linhas o quanto a deseja. Não espere uma data comemorativa, faça do nada. Essas são as melhores surpresas. Junto com ela saboreie a delícia da entrega. O desvendar do desejo a cada peça que sai do corpo quente.

Existem prazeres que só a intimidade pode proporcionar. É o mais próximo- fisicamente- que se pode estar de alguém. E nesse entrelaçar de corpos esqueça todas as teorias que aprendeu até hoje. Preste atenção no que o seus corpos estão dizendo. Os corpos falam, trocam segredos e desejos. E é nessa hora que a intensidade acontece.

Escrito por Juliana Rodrigues

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Autora Parceira - Janethe Fontes



Olá amigos leitores !

Mais uma vez o blog está em festa por anunciar mais uma excelente parceria com uma autora brasileira. Lembrando sempre que se um autor quiser iniciar uma parceria com este blog é só entrar em contato AQUI.

Vamos conhecer agora nossa nova parceira:

Biografia: brasileira, casada, mãe de dois filhos e Escritora romancista. É uma sagitariana apaixonada pela vida, pela família (incluindo suas lindas crias de 4 patas) e também pela natureza. É ainda blogueira nos momentos vagos, palestrante quando possível, administradora de uma pequena empresa de eventos no dia a dia e leitora incondicionalmente viciada.
Faz parte do CNA – Clube dos Novos Autores, movimento que luta em prol da literatura nacional, da ANEB – Associação Nacional de Escritores Brasileiros, focada em fortalecer os processos de distribuição e divulgação de obras nacionais, e associada ao projeto Lê Guarulhos, movimento de escritores da cidade de Guarulhos que visa a divulgação de obras de artistas da região através de palestras, saraus e shows multiculturais. Faz parte também da Mochila Literária, que é uma turnê de escritores nacionais que percorrerá as principais capitais brasileiras entre final de 2013 e 2014, com o intuito de divulgar e promover o cenário literário nacional e regional. É também mentora do Projeto Escritores na Escola da cidade de Guarulhos, movimento ainda não oficializado e em fase de desenvolvimento que tem como objetivos: o incentivo à leitura, a busca pela formação de novos leitores e a difusão da literatura nacional. Além de promover a aproximação e interatividade entre estudantes e escritores, através de encontros realizados em instituições escolares públicas e particulares.  


Conheça agora um pouco de suas obras: 



Vítimas do Silência (lançado em 2008) - Violentada sexualmente, ela preferiu manter o silêncio. Porém, o preço do seu silêncio pode ter-lhe custado alto demais…
… Um caso de abuso sexual…
… Uma tentativa de fuga…
… Um novo crime e ameaças…
… O reencontro com o inimigo…
Uma garota é vítima de estupro e tenta reconstruir sua vida. Mas, quando finalmente acredita ter encontrado o caminho da felicidade e esquecido aquela noite fatídica, um novo episódio a faz despertar para a apavorante certeza de que é absolutamente impossível fugir do passado… E só existe uma alternativa para que a paz retorne ao seu coração e se faça prevalecer a justiça: confrontar seu pior e mais temível inimigo.
Com uma narrativa surpreendente, a autora mantém o suspense até o fim, fazendo com que o leitor tenha de prender o fôlego para acompanhar essa aventura que traz, a cada capítulo, novas revelações e emoções de um passado que já parecia esquecido.
“Vítimas do Silêncio combina ingredientes como Romance, Aventura, Suspense, Sedução e Mistério em um livro que vai prendê-lo do começo ao fim, tendo como pano de fundo a questão do abuso sexual.”



Sentimento Fatal (lançado em 2011) - Por amor se mata? O amor destrói? E o ciúme, pode ou não ser controlado? Sentimento Fatal levará você a pensar nessas questões e rever seus conceitos… todos os seus conceitos em relação ao amor.
“Dividida entre a paixão avassaladora do marido Roberto, que tem um ciúme doentio, e o grande amor de infância de Daniel, que ela torna a encontrar dez anos depois, Adriana Diniz Martinez terá de vencer o medo e reencontrar a si mesma… Lutar pela própria integridade e também pela filha Letícia, pela qual é capaz de tudo, sobretudo suportar a violência do marido, sobretudo suportar a própria infelicidade.”
Sentimento Fatal tem como pano de fundo a violência doméstica e, em cada novo capítulo, nos revela uma dura realidade que, lamentavelmente, atinge milhões de mulheres em todo o mundo... Nos faz descobrir ainda que o amor pode ser tranquilo e seguro, mas também agitado e extremamente perigoso.



Doce Perseguição (lançado em 2012) - Uma jovem brutalmente assassinada...
Um homem frio e perigoso...
Uma promessa de vingança...
Graziela tinha apenas quatorze anos de idade quando a irmã fora violentamente assassinada, e ela jurou vingança ao assassino.
Essa, porém, seria a missão mais difícil de sua vida, pois, por mais que renegasse seus sentimentos, ela amava o principal suspeito do assassinato...
Mas Graziela está disposta a ir até as últimas consequências para descobrir a verdade e cumprir sua promessa. Afinal, a paz de seu coração depende exclusivamente disso...



O Voo da Fênix (será lançado oficialmente em fevereiro de 2014) - Desde muito jovem, o poder o fascinava. E para conquistá-lo, ele não hesitava em usar de todo o seu charme... Mas havia uma mulher no seu caminho. Ainda assim, seria novamente muito fácil conseguir tudo o que queria, não fosse a paixão que ardeu em seu peito, desde a primeira vez que a viu...
Única herdeira de um grande empresário da indústria têxtil, ela era uma mulher independente, acostumada à rotina de uma grande corporação. Era também uma mulher apaixonada e sentia-se cada vez mais dependente daquela paixão que mesclava temor, desejo e um estranho pressentimento de que ela se encontrava à beira de um precipício...
Ele nunca esqueceu aquele perfume, a incrível maciez da pele. Pena que tivesse que matá-la depois. Se não fizesse isso, nunca se livraria daquele sentimento que quase atrapalhou seus planos...
Ela perdeu toda a sua herança e também por pouco a própria vida. Mas, obstinada, ressurge das próprias cinzas como uma Fênix, e recomeça novamente, alimentada por um imenso desejo de viver e vingar-se...


Muito em breve teremos uma resenha do livro aqui no blog. Aguardem.

Para quem quiser saber mais sobre a obra e o autor, conheça suas redes sociais:








Queríamos agradecer muito a nossa parceira Janethe Fontes pela confiança que depositou em nosso blog.


segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Resenha: Cerberus - Livro 1: Entre Cobras e Ursos - Leonardo Monte




Título: Cerberus - Livro 1: Entre Cobras e Ursos

Autor: Leonardo Monte

Editora: Novo Século (Novos Talentos da Literatura Brasileira)

Páginas: 461

Nota do Pacman: 

Sinopse: O terror está instituído pela fome, pela doença e pela miséria humana… A esperança como uma vela de pavio curto… morrendo… aos poucos. Canibais, Calabans, Mordecais, Pashits, Ankh-o-rus, Beliahs, Banshees, licantropos e toda sorte de criaturas que antes só existiam em nossos mais terríveis pesadelos vagam pela Terra indiscriminadamente… destruindo, aterrorizando… e, às vezes, até convivendo conosco em uma relação de total dominância… Cidades viraram ruínas… As pessoas voltaram a viver em vilarejos e feudos, sem um poder central, servindo a governantes tiranos e sanguinários que as exploram cada vez mais e mais… O medievo voltou… A era das trevas flagela novamente a Terra… A humanidade está a ponto da extinção… Em um ato de desespero, o Vaticano decidiu criar em diversos lugares do mundo as Academias de Caçadores… No Brasil criou-se a Cerberus… Nesse sombrio lugar, dominado pela fé cega e padres ortodoxos, corredores escuros e úmidos, luz de velas e treinos sangrentos, calabouços e forcas, encontraremos alguns de nossos personagens: crianças doadas em suas primeiras semanas de vida para transformarem-se em caçadores de extraplanares… Passarão oito anos de duras provações até sagrarem-se dignos… ou perecerão no caminho? Os fracos não servem a Cerberus… Você está preparado?

Comentários: A história se passa em um futuro onde o mundo, por algum erro humano, voltou aos tempos da era medieval e as criaturas que pensávamos existir só em nossos pesadelos passaram a vagar pela terra.

Neste cenário de guerra, fome e até canibalismos, surgem as Academias de Guerreiros que passam a treinar as crianças para se tornarem caçadoras destas “criaturas extraplanares”, e uma destas academias é criada aqui no Brasil com o nome de Cerberus, local onde se passa esta história e onde conhecemos os principais personagens desta excelente aventura.

Renan, Caio, Sebastian, Ilian, João Pequeno e Monica são alguns dos alunos da academia Cerberus e que junto com alguns veteranos irão viver grandes aventuras na luta contra alguns destes “seres extraplanares”.

O livro é repleto de aventuras do começo ao fim, o tempo todo o autor consegue fazer você ficar grudado na história e te surpreende a todo momento. Fiquei admirado com a capacidade que Leonardo Monte teve ao descrever cada um dos personagens de uma maneira tão distinta e ao mesmo tempo tão perfeita, o que faz com que consigamos imaginá-los e nos aproximarmos com a história de cada um deles.

Gostei demais da forma como o livro se desenvolveu, pois o autor não deixou a história ficar monótona um minuto e encheu a aventura de suspense, ação e uma pitada de romance. Outro ponto interessante foi a forma como ele conseguiu mostrar o poder da amizade e da honra desenvolvida por personagens tão jovens e em situações tão complicadas.

"Naquele dia, soube que nosso destinos estavam ligados para sempre. A partir dele, uma série de eventos foi desencadeada, da qual lembro apenas como um sonho ruim. Foi cruel, brutal, e confesso: tive medo... muito medo. Não sei bem porque não morri, pois não possuía as habilidades que tenho hoje."

Outro detalhe que gostei bastante foi que o livro possui capítulos pequenos e eu sempre considero isto bom para não deixar a história cansativa, principalmente porque quando quero dar uma parada pretendo terminar o capitulo antes, e tem livros que isto fica quase impossível pelo tamanho do capítulo.

Cerberus foi só o primeiro livro desta aventura, o próximo livro já tem até nome “O Diabo pede Carona” e em breve estará sendo lançado. Eu mal terminei o primeiro e já não vejo a hora de iniciar o segundo.

Gostaria de parabenizar ao nosso parceiro Leonardo Monte pela excelente obra. Recomendo demais a todos que curtem uma boa aventura com uma dose de suspense.


Leonardo Monte - Nasceu em Dezembro de 85 no Rio, teve a infância em São Paulo, mas sua alma nasceu aos 12 anos no Estado do Ceará, em Fortaleza. Com 20 anos se mudou sozinho para Santa Maria, no interior do Rio Grande do Sul afim de cursar zootecnia, se graduou em 2010 e resolveu ir para Lavras, Minas Gerais estudar nutrição de cães e gatos. Durante esse período de 1 ano e meio, foi barman e segurança de boate para sobreviver, em 3 meses escreveu o Cerberus para passar suas noites de insônia até que recebeu uma proposta para trabalhar na Dinamarca com abate de suínos... o frio, o trabalho mal remunerado e os maus tratos por parte dos chefes lhe expulsaram de lá e retornou para Fortaleza, onde escreve o segundo volume de Cerberus e representa uma ração francesa. Suas paixões: Esposa, cães e o Sertões Rugby Clube, time do Ceará de rugby onde joga na posição de 1º centro.

Para quem quiser saber mais sobre a obra e o autor, conheça suas redes sociais:





domingo, 8 de dezembro de 2013

Divulgação - O Último Homem do Mundo - Tais Cortez


Nossa autora parceira Tais Cortez está lançando o seu segundo livro e o nosso blog não poderia deixar de fazer a divulgação de mais uma excelente obra. Quem curte uma boa comédia romântica?

Sinopse: "O último homem do mundo" conta a história de Amanda, uma jovem de dezesseis anos que é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Sua mãe, uma atriz mundialmente famosa, não sabe como lidar com a filha. Amanda é uma rebelde e tem personalidade forte. Determinada a conseguir ser expulsa, ela é capaz das maiores loucuras. O que ela não esperava era fazer amizades que a farão rever seu plano...e que fosse se apaixonar perdidamente pelo último homem que sua consciência escolheria...

 PROMOÇÃO DA AMAZON: BAIXE GRÁTIS DURANTE 5 DIAS!!!



Curtam também este excelente livro nas redes sociais:





sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Meus Devaneios #05



A Doce Espera

É a vida renovando seu ciclo. Sou eu ganhando um presente, uma joia rara. Um amor incomensurável. Não conheço seu rosto e suas formas, mas já te amo. Amo desde o primeiro momento.

Eu fiquei assustada, não sabia se sorria ou se chorava. Tive medo. Passaram-se tantas coisas em  minha mente no momento que você anunciou sua vinda. E esperar por você, é preparar a casa e o coração para receber o mais indefeso de todos os amores. 

Baby- assim vou chamá-lo até saber se é azul ou cor de rosas  o teu sorriso. Agora estou tão confusa. Sinto uma vontade de chorar  e sorrir ao mesmo tempo. São lágrimas de felicidade, de surpresa e medo. Sei que o mundo não é tão bom quanto gostaríamos, e tenho medo do que você possa encontrar na tua chegada. Por isso já estou lhe cercando de cuidados. Hoje vejo mais perigo nas coisas. Temo que lhe machuquem. 

Você ainda tão pequeninho, Baby, e mesmo nessa pequenez, me mostrou o mais fortes dos sentimentos. Minhas formas físicas estão mudando para melhor te acomodar até o dia da sua chegada. E a cada mudança, cada desejo e enjoo, sinto o amor ficar mais forte dentro de mim. Hey baby. Já posso imaginar o seu cheirinho, o seu sorriso, e seu choro. Já posso decifrar o significado de cada mexidinha que você dá. Só de imaginar como será você, meu coração pulsa mais forte.

Até esse momento, nunca havia pensado tanto em ser alguém melhor. E hoje a única coisa que quero é ser melhor a cada dia, ser forte. Ser o anjo da guarda, a melhor amiga. Ser o exemplo, o colo que acolhe, que esquenta, que acalenta. Ser o melhor por você- que já um pedaço de mim.

Já estou ensaiando as canções de ninar, minha voz já fica doce só de pensar no teu amor. Baby, fique tranquilo. Vá crescendo e se preparando, enquanto eu ajeito as coisas para tua chegada. Esse é o melhor tempo de espera. É esperar pelo amor que cresce dentro de mim, que daqui uns meses vai sair e ganhar  mundo. Seja bem-vindo meu amor.

Escrito por Juliana Rodrigues


segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Resenha: Deusa da Rosa - P. C. Cast




Título: Deusa da Rosa

Autora: P. C. Cast

Editora: Novo Século

Páginas: 389

Nota da Camila: 

Sinopse: "Não é um dedo verde que mantém as rosas da família Empousai desabrochando há séculos, mas sim as gotas de sangue que suas mulheres derramam em segredo por seus jardins. Mikki, entretanto, prefere esquecer essa peculiaridade e levar uma vida normal. Até o dia em que, sem querer, realiza um ritual e acaba num reino estranhamente familiar: o Reino das Rosas. De acordo com Hécate, a deusa desse reino, Mikki possui o sangue de uma alta sacerdotisa correndo nas veias, e o Reino das Rosas já esperava por ela. Em um acesso de raiva, que Hécate teve há muito tempo, ela amaldiçoou seu guardião com um sono do qual ele poderá despertar apenas por intermédio de uma de suas sacerdotisas. E a deusa conta com Mikki para colocar as coisas em ordem. A princípio, o guardião-fera deixa Mikki apavorada; porém, logo ele a fascina mais do que qualquer outro homem já conseguiu. O único modo para ele e o reino serem salvos, contudo, é se Mikki sacrificar seu sangue e sua vida... "

domingo, 1 de dezembro de 2013

Cupom Premiado do Noel


Olá galera!
Natal chegando... Todo mundo querendo ganhar presentes. Mas não nós! Leitores viciados querem muitos livros. Pensando nisso que o Reaprendendo a Arte da Leitura se uniu com mais sete blogs para te dar um presentão. Qual? Um vale no valor de $250,00 reais para você comprar os livros que quiser! Gostaram?


ANEB - Caçada Literária - Evento Finalizado


Queridos leitores,

Sejam muito bem-vindos a Caçada Literária da ANEB.


Super promoção de Aniversário dos blogs MMF, CdT e LJI



Venha comemorar aniversário de 1 ano dos blogs Coração de Tinta, Livros, a Janela da Imaginação e Meu Mundinho Fictício, concorra a 7 kits de livros com mimos surpresas!!!


Natal Premiado entre Blogs


Olá leitores!
Natal chegando, época de festa e muita alegria. Pensando nisso dez blogs se uniram para fazer um Natal premiado para vocês!
Serão 10 livros, divididos em dois kits, para dois vencedores. Gostaram? 
Para concorrer é simples, como não há opções obrigatórias, basta preencher a primeira entrada e você já está participando. Contudo, caso queira mais chances de ganhar, assim que a referida entrada for preenchida, as EXTRAS serão liberadas e algumas delas podem ser usadas todo dia, ou seja, muito mais chances para você.
A opção "tweet about the giveawey" é renovada a cada 24 horas, ou seja, todo dia que você tweetar a frase e preencher essa entrada, seu nome será adicionado mais vezes.


Participem! 


segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Resenha: Harry Potter e a Pedra Filosofal - J.K. Rowling




Título: Harry Potter e a Pedra Filosofal

Autora: J. K. Rowling

Editora: Rocco

Páginas: 263

Nota da Camila: 

Sinopse: “Harry Potter é um garoto comum que vive num armário debaixo da escada da casa de seus tios. Sua vida muda quando ele é resgatado por uma coruja e levado para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Lá ele descobre tudo sobre a misteriosa morte de seus pais, aprende a jogar quadribol e enfrenta, num duelo, o cruel Voldemort.
Com inteligência e criatividade, J. K. Rowling criou um clássico de nossos tempos. Uma obra que reúne fantasia e suspense num universo original atraente para crianças, adolescentes e adultos.” 


Comentário: Criativo, bem escrito e envolvente. Essas são três das muitas palavras que eu poderia usar para descrever o primeiro livro da saga Harry Potter, que nos apresenta a um mundo mágico escondido dos trouxas – os pobres humanos desprovidos de poderes mágicos. 

Apesar de contado em terceira pessoa, o livro segue o ponto de vista de Harry, um menino órfão que vive com seus tios e primo que o tratam com frieza. Ele vive uma vida humilde e pouco interessante até que cartas endereçadas a ele começam a chegar. Seu tio Válter chega às vias da loucura para impedir que nosso protagonista receba a carta – que continuam insistentemente sendo entregues às pencas -, mas seus esforços não são recompensados. Em seu 11º aniversário, o meio-gigante Hagrid os encontra e diz a Harry tudo que as cartas haviam tentado contar: ele era um bruxo e tinha uma vaga garantida na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Ah, sim, e ele era muito, muito rico. E não, seus pais não morreram num acidente de carro! Que absurdo! Seus pais foram assassinados pelo bruxo mais maligno que já vivera: Lord Voldemort, que fora destruido... Sim, por Harry, que era apenas um bebê. Por tal motivo, Harry Potter era famoso no mundo bruxo; ele era “O Menino Que Sobreviveu”, quem, de alguma forma, fez com que “Você-Sabe-Quem” sumisse. 

É a partir daí que Harry começa a viver suas aventuras no mundo bruxo, principalmente em Hogwarts. Logo ele conhece seus dois melhores amigos, Rony Weasley e Hermione Granger, que o acompanham em todos os tipos de encrencas que vêm ao encontro de Harry. De trasgos gigantes à assustadora Floresta Proibida, há mais perigos nesse mundo que ele imaginava...

Sim, “Harry Potter” é um título dos mais famosos e populares hoje em dia, mas ainda há muitas pessoas que não leram os livros. Espero que minha resenha sirva como incentivo àqueles que ainda tem um pé atrás, seja pelo motivo que for. 

Eu, particularmente, sou apaixonada pelos livros, e não só pela história principal. J. K. Rowling conseguiu criar um mundo fantástico incrivelmente coerente, com seres mágicos dos mais diversos tipos e origens. Além disso, há temas importantes intermeados  à história: amizade, lealdade, bondade, preconceito, justiça e amor – mas amor de todos os tipos. Há amor romântico, sim, mas principalmente há o amor de uma mãe por seu filho, entre amigos, entre irmãos, entre um guardião e seu protegido, de um menino pelo mundo à qual pertence. Óbvio que há elementos mais “infantis” - é um livro infanto-juvenil, afinal de contas -, mas acredito que “Harry Potter” pode ser uma leitura agradável para qualquer idade, especialmente “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, onde a magia (literalmente) começa. 

Sei que, como Potterhead assumida, sou meio suspeita para falar sobre a obra, mas tentei escrever o texto da maneira mais imparcial possível. Como diria o Gaguinho: “That's all, folks!”. Espero que gostem da resenha!


Joanne Kathleen Rowling nasceu nos arredores de Bristol, na região de Gloucestershire, Inglaterra, em 31 de julho de 1965. Estudou Francês e Letras Clássicas na Universidade de Exeter. Em 1990, Rowling teve a idéia para a trama de Harry Potter, numa viagem de trem de Manchester para Londres. Sete anos depois, a primeira edição de Harry Potter e a Pedra Filosofal foi publicada na Inglaterra pela editora Bloomsbury, dando início ao maior fenômeno editorial de todos os tempos. J. K. Rowling ganhou, entre outros prêmios, o Nestlé Smarties Book Prize Gold Medal, o FCBC Children’s Book Prize, o Birmingham Cable Children’s Book Award e o cobiçado British Book Awards Children’s Book of the Year. Em 2003, a autora foi agraciada com o Prêmio Príncipe de Astúrias da Concórdia, um dos mais importantes do mundo, concedido pela Fundação Príncipe de Astúrias a pessoas, instituições ou grupos cujo trabalho tenha contribuído de forma exemplar e relevante para a fraternidade entre os homens e a luta contra a injustiça, a pobreza, a enfermidade e a ignorância.


Escrito por Camila Villalba

sábado, 23 de novembro de 2013

Resenha: Se Arrependimento Matasse - Alma Cervantes




Título: Se Arrependimento Matasse

Autor: Alma Cervantes

Editora: Novo Século

Páginas: 240

Nota da Anna:

Sinopse: Alex, Alice e Rebeca são grandes amigos e decidem se reencontrar depois de alguns anos sem se verem. O lugar escolhido é o hotel dos pais de Alex, mas o que parecia uma viagem especial, repleta de conversas agradáveis e descontraídas com os outros hóspedes durante o jantar se transforma, em seguida, num pesadelo. Quando os três se preparam para dormir, ouvem batidas desesperadas à porta e seguem ao salão, onde logo descobrem que o cozinheiro fora assassinado. Com a comoção, somada à dificuldade de fuga devido à tempestade e névoa lá fora, a confusão logo se instala no hotel, além de um desagradável clima de suspeita entre os hóspedes. Tensão. A revelação de um detetive. E um desfecho surpreendente.


Comentários: Se arrependimento matasse foi escrito por um de nossos autores parceiros, Alma Cervantes. Com um nome super-sugestivo o livro conta a história de três amigos, Alex, Alice e Rebeca que após anos sem se verem resolvem passar um tempo juntos, e o lugar escolhido foi o hotel dos pais de Alex. 

O que deveria ser um encontro maravilhoso se torna um pesadelo após todos que estavam hospedados no hotel se depararam com o corpo ensanguentado do cozinheiro na cozinha do hotel. A partir deste momento todos os presentes se tornam suspeitos e uma das hóspedes, Frederica, resolve tomar depoimento de todos na tentativa de descobrir quem é o (a) verdadeiro (a) culpado (a), entretanto ninguém sabe se o (a) assassino (a) é um deles ou alguém de fora do hotel.

O caos esta formado, presos no hotel (não citarei os motivos para não cometer spoiler), com o medo dominando a todos e o pior sem poder confiar em ninguém, terão que se unir na medida do possível para descobrir o culpado, tentando preservar suas vidas.

No começo do livro achei que tinha poucas cenas de ação, mas a curiosidade em tentar descobrir o culpado não me deixou largar o livro, porém no decorrer do livro mais coisas começaram a acontecer, me deixando apreensiva e cada vez mais curiosa. Fiquei muito surpresa com desfecho do livro em momento alguma imaginei que o(a) culpado(a) seria quem foi, adorei a forma como o autor juntou as peças do quebra cabeça para explicar quem era o(a) assassino(a). 

Um livro bem escrito, com começo, meio e fim. Quem gosta de um bom suspense não pode deixar de ler. Parabéns, Alma Cervantes pelo ótimo livro. 







Alma Cervantes é admirador da Língua Portuguesa desde a infância e grande fã dos romances policiais de Agatha Christie. Faz sua estreia na literatura com o romance policial "Se Arrependimento Matasse".

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Meus Devaneios #04


Acreditar na magia das coisas torna a vida mais fascinante

Ame de verdade, sem medos e amarras. AMOR PRÓPRIO em primeiro lugar. Ame sua família, seus amigos, seu companheiro, ame a vida que você tem. Não há nada mais bonito que um amor sem rótulos e estatísticas.

Amam-se as pessoas pelo bem ou pelo tormento que causam em nós – é o que dizem. Não importa os seus motivos, mas se for amar, use toda propriedade dessa palavra – que é mais que palavra: é ESSÊNCIA. Não faça uma lista com requisitos impossíveis de serem preenchidos por pessoas normais. Ninguém é perfeito, incluindo VOCÊ. Essa vida é uma escola diária, e estamos em constante mutação.

SE você cometeu um erro, e tem consciência disso, trate de se redimir, peça desculpas. Aprenda desculpar quem te ofendeu. Mais que isso, desculpe a você mesmo. Não fique se martirizando com erros do passado, faça disso uma lição. Se há algo que não te agrada, trabalhe pra mudar isso, mas lembre-se: as mudanças devem começar dentro de NÓS.

Hoje existe uma teoria para tudo. Estatísticas falando como devemos agir, vestir, do que a mulheres mais gostam, o que os homens desejam. PARE de seguir e confiar cegamente nisso. Confie um pouco mais no SEU potencial. Mantenha sua originalidade, conserve seus princípios. Não existe teoria que desbanque uma pessoa com autenticidade. Muito menos compre a ideia de individualismo, no que tange o assunto de relacionamentos. Em todo canto tem alguém gritando, falando em CAPS LOOK: não se envolva por inteiro; não demostre tanto interesse e BLÁ BLÁ BLÁ. Deixe de ser tão " da ciência", e seja menos cruel com você. Acredite nos mistérios do coração – ele não é só um órgão involuntário que bombeia nosso sangue. Não existe meio amigo, meio irmão, meio isso ou aquilo. Existe gente por inteiro, se é pra ser, vamos ser de verdade. Acreditar na magia das coisas torna a vida mais fascinante.



Juliana Rodrigues - Aspirante a advogada, aprendiz de mim mesma. Apaixonada e apaixonante. Cafecólatra assumida, ciumenta por natureza. Filha, irmã, madrinha, amiga, amada e odiada. Metida a escritora nas madrugadas de sábado, entre muitas reticências...


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Resenha: A Maldição do Tigre - A Saga do Tigre Livro 1 - Colleen Houck


Olá amigos leitores !

Hoje venho apresentar para vocês mais uma colaboradora do blog, que irá nos ajudar com a realização de resenhas. Estamos muito felizes com a presença dela na equipe e esperamos que vocês curtam.

Conheçam agora nossa nova colaboradora e sua primeira resenha:


Camila Villalba - gaúcha, professora e nerd. Apaixonada por livros, seriados, filmes, desenhos animados e histórias em quadrinhos. Gêneros preferidos: fantasia, romance histórico e sobrenatural, inclusive os proibidos para menores.


 Título: A Maldição do Tigre

Autora: Colleen Houck

Editora: Arqueiro

Páginas: 344

Nota da Camila: 

Sinopse: Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.


Comentários: Kelsey Hayes é uma jovem de 18 anos vivendo uma vida normal. Órfã, ela mora com a família de Sarah e Michael Neilson - tutores de Kells - e, agora que terminou o ensino médio, nossa protagonista está procurando um emprego temporário. Sua primeira oportunidade é uma vaga no Circo Maurizio, onde precisam de alguém para lidar com os animais fazer outros trabalhos menores. Ela prontamente aceita, já que não tem muita opção mesmo. Além disso, o circo tem um tigre! O que poderia ser mais legal que isso?

No instante que ela é apresentada ao tigre branco Dhiren, uma inexplicável e indiscutível conexão se forma entre os dois. Ela passa cada momento livre ao lado da jaula do tigre, lendo seus livros para ele e até mesmo dormindo sobre o feno apenas com a colcha de retalhos que sua avó lhe fizera ao invés de ficar no alojamento. 

Ao final das duas semanas de seu trabalho temporário, Kelsey já é capaz de tocar em Dhiren e ele parece entender tudo que ela diz. No último dia de apresentações (e aniversário de Kelsey), o dono do circo anuncia que o tigre será vendido para um rico indiano, que o levará para uma reserva no seu país de origem. O mais inesperado: Anik Kadam - o representante do comprador de Dhiren - pede a Kelsey que acompanhe o tigre até seu novo lar, já que ela parece tão confortável e preocupada com ele. Ele, é claro, lhe pagará as despesas e um excelente salário.

Pensando no bem do seu tigre, a jovem aceita a proposta e, o que era pra ser uma viagem calma para levar Dhiren à reserva de animais, se trasforma numa aventura. Sim, pois nada sai exatamente como planejado e logo Kelsey e Dhiren estão perdidos nas florestas indianas. Bem, Kelsey está perdida, pois o tigre parece saber muito bem onde está indo... 

É no meio da floresta de um país estrangeiro que ela descobre a verdade: seu amado tigre branco é, na verdade, um antigo príncipe indiano amaldiçoado por um feiticeiro maligno por causa de uma relíquia poderosa. Na verdade, ele e seu irmão - com quem tem uma rixa seríssima - foram ambos amaldiçoados. E, mais importante e chocante que isso: embora eles possam assumir a forma humana por alguns minutos por dia, Ren precisa da ajuda da jovem americana para poder quebrar a maldição e voltar a ser humano de vez. Para que isso seja possível, eles precisarão enfrentar forças mitológicas e desafios assustadores. 

Ainda que eles contem com a proteção de Ren e a ajuda da deusa Durga, Kelsey precisa enfrentar o maior dos perigos sozinha: o charme do lindo e encantador príncipe indiano, que parece totalmente apaixonado por ela.

O livro, além de ter uma história de amor adorável, conta um pouco sobre a mitologia hindu, o que é um diferencial. A capa é outro ponto alto: eu comprei o livro principalmente por causa dela, admito. Os personagens são carismáticos e é impossível não se apaixonar por eles, especialmente pelo sofrido Ren - honestamente, eu quero casar com ele, mesmo se a maldição não puder ser quebrada. 

Apesar de ser uma aventura empolgante, o ritmo da história não é muito acelerado - o que não é ruim, pois temos tempo pra acompanhar a relação de Kelsey, Ren e Sr. Kadam, o que também é interessante. Mesmo que não apresente um ritmo frenético, as cenas de ação são emocionantes e, por vezes, até assustadoras. 

Minha nota só não é 5 porque acho que podia ter um pouco mais de ação, além de achar Kelsey um pouquinho irritante de vez em quanto. Mas juro que a história vale a pena ser lida!

Enfim, "A Maldição do Tigre" é apenas o primeiro livro de uma quadrilogia que promete mais ação e mais drama para os nossos protagonistas. Mal posso esperar para descobrir como a saga dos irmãos amaldiçoados termina... Super recomendo!!



Colleen Houck é uma leitora ávida que adora livros de ação, aventura, ficção científica e romance. Estudou na Universidade do Arizona e trabalhou como intérprete de língua de sinais durante 17 anos. Ela mora em Salem, no Oregon, com o marido e um tigre branco de pelúcia. 

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Autor Parceiro - Leonardo Monte


Olá amigos leitores !

Mais uma vez o blog está em festa por anunciar mais uma excelente parceria com uma autora brasileira. Lembrando sempre que se um autor quiser iniciar uma parceria com este blog é só entrar em contato AQUI.

Vamos conhecer agora nosso novo parceiro:



Biografia: Nasceu em Dezembro de 85 no Rio, teve a infância em São Paulo, mas sua alma nasceu aos 12 anos no Estado do Ceará, em Fortaleza. Com 20 anos se mudou sozinho para Santa Maria, no interior do Rio Grande do Sul afim de cursar zootecnia, se graduou em 2010 e resolveu ir para Lavras, Minas Gerais estudar nutrição de cães e gatos. Durante esse período de 1 ano e meio, foi barman e segurança de boate para sobreviver, em 3 meses escreveu o Cerberus para passar suas noites de insônia até que recebeu uma proposta para trabalhar na Dinamarca com abate de suínos... o frio, o trabalho mal remunerado e os maus tratos por parte dos chefes lhe expulsaram de lá e retornou para Fortaleza, onde escreve o segundo volume de Cerberus e representa uma ração francesa. Suas paixões: Esposa, cães e o Sertões Rugby Clube, time do Ceará de rugby onde joga na posição de 1º centro.



Conheça agora a sua obra:


Cerberus
Entre Cobras e Ursos
Livro 1





Sinopse: O terror está instituído pela fome, pela doença e pela miséria humana… A esperança como uma vela de pavio curto… morrendo… aos poucos. Canibais, Calabans, Mordecais, Pashits, Ankh-o-rus, Beliahs, Banshees, licantropos e toda sorte de criaturas que antes só existiam em nossos mais terríveis pesadelos vagam pela Terra indiscriminadamente… destruindo, aterrorizando… e, às vezes, até convivendo conosco em uma relação de total dominância… Cidades viraram ruínas… As pessoas voltaram a viver em vilarejos e feudos, sem um poder central, servindo a governantes tiranos e sanguinários que as exploram cada vez mais e mais… O medievo voltou… A era das trevas flagela novamente a Terra… A humanidade está a ponto da extinção… Em um ato de desespero, o Vaticano decidiu criar em diversos lugares do mundo as Academias de Caçadores… No Brasil criou-se a Cerberus… Nesse sombrio lugar, dominado pela fé cega e padres ortodoxos, corredores escuros e úmidos, luz de velas e treinos sangrentos, calabouços e forcas, encontraremos alguns de nossos personagens: crianças doadas em suas primeiras semanas de vida para transformarem-se em caçadores de extraplanares… Passarão oito anos de duras provações até sagrarem-se dignos… ou perecerão no caminho? Os fracos não servem a Cerberus… Você está preparado?


Muito em breve teremos uma resenha do livro aqui no blog. Aguardem.

Para quem quiser saber mais sobre a obra e o autor, conheça suas redes sociais:





Queríamos agradecer muito ao nosso parceiro Leonardo Monte pela confiança que depositou em nosso blog.


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Meus Devaneios #03



Carta pra você que disse adeus 

Quero escrever uma carta a você, porém não sei se falo o sobre o amor que ainda está aqui, e tudo que ele ainda representa e de como está impresso nas paredes desse lugar. Ou conto como meu coração ficou quando você disse adeus. Desse sentimento – que prefiro chamar de amor – ficaram muitas coisas boas, mas meu coração ainda está ferido para admitir. Sim, ferido, em processo de cura. Magoado não porque você foi algum tipo de carrasco, mas porque ainda é difícil acordar e não ter nenhuma mensagem de bom dia lembrando de que já está na hora de ir para o trabalho. 

Quando penso em tudo que o amor pode ser, penso em você – em tudo o que fomos juntos- que ser namorado é ser parceiro, e fomos por muito tempo. Não farei desta uma carta pra te pedir desculpas por algo, ou pra me justificar por tudo que aconteceu. Fomos e fizemos o que sabíamos. Talvez tenhamos vivido tudo que tínhamos para viver juntos – mas peço baixinho no meu coração para que Afrodite olhe por este amor – porque amor que é amor não morre... Permanece intacto no tempo.

Sobre o que você sente não questionarei, nem ficarei ansiosa esperando por uma resposta. Esta é uma carta para dizer o que não caberia num telefonema, o que andei pensando e sentindo. Então não se sinta pressionado a dizer algo, ou ser gentil. Você rompeu comigo, e não te culpo por isso, você tomou  coragem e fez algo que eu não saberia fazer. O que eu realmente sinto e por ter sido  da maneira que foi, um telefonema – como se as coisas entre nós fossem tão frias. Mas cada um age da maneira que sabe e em algum momento não me lembrarei da maneira que foi - minto, lembrarei. Mas já vou ter esquecido como dói ouvir não. Melhor que tenha sido assim, pelo menos ainda temos o respeito um do outro.

Tenho sentido saudades, mas não é de um status de facebook. A falta que sinto é de ouvir você chamar a Clarice Falcão de cara de passarinho, dos telefonemas intermináveis, das vídeos chamadas no skype para matar a saudade quando ela estava tão grande que ocupava todos os espaços. Saudade de dividir um canto no sofá com você e do carinho na costela, de todos os tapas e mordidas de carinho, e depois rolar de rir no tapete com você.  E foi por essas saudades todas – e muitas outras – que tentei de maneira atropelada recuperar os laços como você, deixando de lado meu respeito próprio. Eu precisava transferir a alguém, no caso você, o vazio que eu estava sentindo, desejei que doesse em você como estava doendo em mim- torci pra você bater o dedinho do pé numa quina e sentir um pouco do que eu senti. E por esse desespero peço desculpas. 

Independente de qualquer coisa, hoje eu sei que temos um lugar especial na vida um do outro, e ninguém tira ou ocupa o que representamos. Quando se  passa um certo tempo com alguém, a outra pessoa também conta parte do que somos. Sinto um carinho imenso por você, e não tem motivo que explique isso – poderia dizer que é o teu sorriso, ou o teu jeito de homem concentrado quando esta cozinhando ou pela emoção que via em teus olhos quando falava de algum livro. Pode ser que seja a soma disso tudo e um pouco mais, ou sei lá, seja apenas sentimento sem explicação. Mas enfim, não é uma carta para explicar a razão dos sentimentos. 

Não vou espalhar aos quatro ventos alguma história que me torne vitima e tiranize você. Nossa história não é assim. Antes que você se pergunte por que diabos estou te escrevendo,  já me antecipo e digo que nem eu sei.  Jurei não me importar tanto com as pessoas e que é bom deixá-las de lado ás vezes. Mas essa não seria eu. Fomos mais sorrisos e alegrias do que qualquer outra coisa. E isso é motivo suficiente pra eu te escrever. Ser tua amiga é uma tarefa muito difícil, ainda. Mas tu foste uma das melhores coisas que me aconteceram e não quero levar nenhum tipo de rancor dessa relação que deu certo por tanto tempo, e nem deixar qualquer tipo de mágoa em você. Não importa o que digam você foi meu melhor companheiro.
As coisas tem dado certo por aqui ultimamente, olha que bacana. Obrigada por ter me empurrado de volta pra faculdade. Desejo com toda sinceridade que as coisas deem certo a você também. Sei do seu esforço, e ainda oro para que você seja recompensado por isso. Conheço esse seu coração – que é puro sentimento, que se emociona com o final de um livro- e por isso desejo que você seja muito feliz.



Escrito por Juliana Rodrigues



terça-feira, 12 de novembro de 2013

Resenha: Golfinhos e Tubarões O Outro Mundo - Tais Cortez




Título: Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo

Autora: Tais Cortez

Editora: Chiado

Páginas: 419

Nota da Anna: 

Sinopse: Aos cinco anos, Victoria foi adotada por Ana, presidente de uma indústria de cosméticos, e Greg, um bem-sucedido advogado. Ela não entende por que não se lembra dos verdadeiros pais e não acredita na suposta causa da morte deles. Ao completar quinze anos, estranhas mudanças começam a acontecer. Seus cabelos ruivos escurecem, ela se torna cada vez mais forte e rápida, seus sentidos ficam aguçados e alguns dos seus sonhos passam a ser premonições. Após a visita de um casal peculiar, ela é levada para um mundo desconhecido e único, onde terá que aprender a controlar suas habilidades, freqüentando aulas diferentes de tudo o que já viu. Lá ela conhece Alex. A atração entre os dois é imediata, mas ele se recusa a se aproximar de Victoria e de qualquer outro aluno. Ainda assim, o destino se encarrega de uni-los e Alex passa a protegê-la e ajudá-la. O que Victoria não sabe é que ele esconde um segredo que mudará sua vida, e que o passado pode estar mais perto do que eles imaginam...

Comentários: Victoria foi adotada por um casal rico quando tinha apenas cinco anos. Aos quinze anos começa a perceber em si mudanças físicas e comportamentais e a relação com seus pais que já era difícil começa a ficar insuportável. Ana, sua mãe adotiva, é uma mulher que não possuí nem um pouco de instinto materno e vive de aparências, Greg, seu pai adotivo, já é um cara mais amável, porém submisso à mulher. 

Após Victoria sair do controle, colocando a vida de seus pais em perigo, os mesmos resolvem procurar ajuda numa clínica psiquiátrica, é quando ela conhece Lisa e Vitor que vem até sua casa para levá-la, ela os acompanha depois de ser convencida de que ambos conhecem a verdadeira história de seus pais. É nesse novo mundo em que é levada para viver por Lisa e Vitor, que Victoria descobre o verdadeiro significado de família, fazendo diversos amigos que são diferentes assim como ela, aprendendo a controlar os seus dons e encontrando o verdadeiro amor de sua vida, Alex.

Alex é um mestiço, filho de vampiro com humano, que se exclui por se considerar e ser considerado perigoso, mas é por ele que Victória se apaixona, uma relação muito difícil e mal vista, mas que surpreende a todos quando Alex começa a tomar atitudes das quais ninguém nunca imaginou que tomaria por alguém. Dividido entre o sentimento e a razão esse casal enfrentará uma grande batalha até que consigam enfrentar o turbilhão de emoções que estão sentindo, sendo capaz de balancear o amor e a razão.

“Levantei os braços, protegendo minha cabeça, e fechei os olhos, como se a dor que viria a seguir pudesse ser atenuada com a minha ausência de visão. Esperei pelo choque, porém ele não veio. Uma rajada forte de ar levantou meus cabelos. Duas mãos envolviam meu corpo. Abri os olhos e o vi. Quase tão perto quanto eu o tinha cobiçado segundos atrás. Seus dedos tensos seguravam a minha cintura com uma força desnecessária. Tão próximo...”

Me apaixonei pelo livro, é realmente o tipo de história que eu gosto, percebi semelhanças com O acampamento de Shadow Falls, com a Saga Crepúsculo e com a série Fallen, neste caso já vou dizendo que preferi Golfinhos e Tubarões, já nos outros gostei muito dos três. Fiz a comparação com os demais livros, mas de um ponto de vista positivo, para mostrar que o livro é muito bom e no caso de Fallen, achei até melhor e embora tenha encontrado algumas semelhanças à história se tornou única, fazendo com que eu gostasse ainda mais do livro. Parabéns a nossa parceira Tais Cortez pelo livro maravilhoso e estou esperançosa para que tenha uma continuação.

Confira o book trailer: 







Tais Cortez nasceu em Campinas, interior de São Paulo. Formou-se em Relações Internacionais e fez bidiplomação em Economia na FACAMP. Fascinada desde criança por histórias de romance, mistério e poderes sobrenaturais, foi natural que, propondo a si mesmas escrever o livro que gostaria de ler, esses elementos estivessem presentes em sua primeira obra, "Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo."





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...